25 maio 2008



DEFICIÊNCIAS


- Mario Quintana -
Escritor gaúcho nascido em 30/07/1906
e morto em 05/05/1994


"Deficiente"
é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

"A amizade é um amor que nunca morre. "

22 maio 2008

"Dia do Abraço!"

Hoje é o "Dia do Abraço"
Eu acredito que todo dia é dia, e que toda hora é hora...
Um abraço faz muito bem, e quando é dado por que gostamos é mais gostoso ainda.
Seja de filho, de amigos ou de um amor.
Mas hoje foi escolhido para ser o "Dia do abraço".

Entãooooooooo...
Um abração do tamanho do Rio Grande tchê!!!!

21 maio 2008

Vc investe em que?

Quando estiver por cima, invista em afeto,
respeito, justiça e segurança;
porque o passar do tempo produzirá mudanças...

viu só, porque?

16 maio 2008

Bajofondo Pa Bailar

O Clip, não é dos melhores não. Mas a música é ma ra vi lhó sa....
Adorei!!!!

Bjus...

14 maio 2008

"Para que um sonho torne-se realidade, é preciso primeiro acordar!"


Bjus e Boa quarta feira!

11 maio 2008

Anjo!


"Deus colocou uma pessoa para tomar conta de todos nós.
Ele a chama de anjo;
nós a chamamos de mãe.
Um dia abençoado para todas as mães."
E pra mim também...afinal tenho dois lindos marmanjões!


Bjus...

07 maio 2008

As moiras


As moiras riem de nós...

Você já se sentiu sendo arrastado pela vida?
Como se você não tivesse nenhum controle,
nenhum poder sobre os acontecimentos, como se
você fosse uma reles peça de um quebra-cabeça
que outra pessoa está montando?
Os gregos explicavam essa sensação pelo mito
das Moiras ou Fatalidades, que seriam as senhoras
do destino humano, responsáveis pelo fio da vida de cada um.
Cloto fiava, Láquesis determinava o comprimento do fio
e Átropos o cortava quando ele atingia o tamanho determinado.
O tempo dos mitos passou, e começamos a acreditar que
o homem é o centro do universo, que temos domínio sobre
a nossa vida e sobre o que está em torno de nós.
Perdemos a noção da nossa fragilidade, passamos a nos dar importância demais.
Você vive correndo e nem percebe como depende dos movimentos no seu cotidiano, até que você escorrega, leva um tombo numa escada e precisa ficar vários dias em repouso. Você está dirigindo e acha que está no controle, porque você sabe dirigir. Mas não pensa que alguém, num outro carro, pode estar alcoolizado ou simplesmente distraído, e pode provocar um acidente fatal, inclusive ou apenas pra você.
É assim que a gente vive. Ignorando que não temos, nunca tivemos e provavelmente nunca teremos poder absoluto sobre as nossas vidas. Temos, sim, poder sobre as nossas escolhas. Mas elas não definem integralmente os rumos que tomamos. As escolhas de muitas pessoas, próximas de nós ou não, interferem em nossos caminhos, enquanto a recíproca também acontece.
É claro que devemos ter sonhos, traçar estratégias, perseverar. Mas precisamos também ter a consciência de que podemos ser afastados da rota a qualquer momento, por imprevistos além do nosso alcance. Já me senti sendo jogada em outra direção mais de uma vez, já me senti impotente diante de situações inesperadas, já me senti revoltada por ter que lidar com isso. E sei que vou me revoltar todas as vezes que isso acontecer.
Azar o meu. Azar o nosso, por considerarmos os gregos ultrapassados, superados. As Moiras riem de nós...

05 maio 2008

Exposol ou expochuva ?

Fui ontem a Soledade tchê!
Terra das pédras preciósas.O que era para ser exposol, acabou sendo expochuva mesmo.
Por um lado bom, porque pude transitar pelo menos pela manhã sem os atropelos custumeiros das feiras e ver e comprar as coisas que queria. A tarde o tempo deu um "tempo" e um solzinho deu o ar na feira.
Aqui algumas fotos que tirei por lá...




Este é a maior Buddha exculpido em pédra preciósa...
28 toneladas de Gold Bordô.
Uma peça fantástica realmente.




Um grande beijo e Boa semana!
Véra

01 maio 2008

Meus endereços na net!



Criei um endereço no flick para postar fotos das minhas suculentas e cactos do meu Jardim...
Se vc. é curioso ...passa lá.
Bjus.


http://www.flickr.com/photos/verakartsch/


outro endereço sobre meu jardim é o blog abaixo

http://byxinha.blogspot.com/


Fiz também um blog sobre Montenegro, que espero com o tempo poder além de fotos colocar os dados e novidades sobre esta cidade que gosto demais da conta sô!

http://montblac.blogspot.com/

Somewhere Over the Rainbow

Opaaaaaaa....
Esta tá lindissssiiiiiimaaaaa....
Amei...

Wonderful world

Esta é sem duvida uma das mais lindas músicas.Vale á pena ver e ouvir...
Bju no seu coração.

Veróka